18 de janeiro de 2019

A STAR IS BORN

O meu comentário, a meio do filme, para a minha mãe: "Que seca! Isto mais parece um filme do Nicholas Sparks, só falta morrer alguém no fim."

RESOLUÇÃO PARA 2019

Outra.

Mas só a partir de Fevereiro.

Ler um livro por semana. Mas se for dos grandes, um por cada duas semanas. E se estiver muito ocupada, um por cada três semanas.

Em suma, ler mais.

Estou a sentir falta disso, tenho imensos livros que comprei e estão encostados e tenho outros tantos que quero comprar mas sinto que não o posso fazer por causa dos que ainda tenho encostados.

E porque estou a tentar adotar novos hábitos para melhorar a qualidade do sono, pretendo ler todos os dias antes de ir dormir (adeus, Candy Crush).


Mas só a partir de Fevereiro.

17 de janeiro de 2019

DESEJOS

Gostava que escrever uma tese fosse tão simples como escrever um texto para um blog.

Para este blog, digo. Porque há outros blogs com textos mais complicados que a minha tese.

16 de janeiro de 2019

POUPANÇAS E INVESTIMENTOS

O meu pai diz que um grande problema que eu tenho é não definir bem as prioridades. Ele diz que ponho tudo à frente do que é mais importante. No entanto, eu acho que o meu problema é que tudo para mim é uma prioridade, tudo é importante.

Isto daria pano para muitas mangas, mas hoje a conversa é sobre poupanças e investimentos.

No verão comecei a trabalhar em part-time e, como não tenho muitas despesas, na altura decidi que 50% do meu ordenado (que são só uns trocos, digo já) seria guardado em poupanças para comprar um carro. Eu realmente tenho dinheiro suficiente para comprar um, mas um carro não é só um carro, é também a manutenção, os impostos, o combustível... And let's be honest, no meu contexto atual, realmente preciso de um? 

Eu tenho um trabalho em part-time que fica entre 5 a 7 km de distância da minha casa, mas até ao inverno eu ia de bicicleta (no shame, e estou mortinha para que os dias fiquem mais longos para voltar a pedalar - a Lady tem medo de andar de bicicleta à noite). Por enquanto, e sem oposição dos meus pais, uso o carro deles. Não há necessidade de criar um gasto sem que seja francamente necessário. Mas a ideia de continuar a poupar para um carro é que quanto mais eu amealhar, melhor será o carro que poderei comprar. Nada de Mercedes e BM's, mas pelos menos quero pensar que poderei comprar um carro sem pensar "só tenho dinheiro para comprar este".

Alguns meses depois, deixei de pensar no carro e defini que as poupanças iriam ser empregues na minha educação. Eu iria tirar uns cursos de línguas (sim, "uns").

Depois, ocupada com a tese e aborrecida com a vida, decidi que as poupanças iriam ser gastas nos saldos. Porque, vamos lá ver, entre um carro, especialização em 3 línguas, e um outfit.... É pá, o outfit é muito mais apetecível. E já que é para gastar, a Lady também precisa de uns auriculares com Bluetooth, precisa de umas sapatilhas para o ginásio, uma prancha para o cabelo...
Mas já que a Lady tem dinheiro (ai que fortuna), também pode comprar aquela maquilhagem que queria e que antes não podia. E agora que penso bem, também deve sobrar algum tostão para depilação a lazer.

Mas entretanto, é quarta feira, estou ocupada com a tese. A roupa da nova coleção é mais apetecível do que a dos saldos e essa posso comprar a qualquer altura. Está a chover, por isso uma prancha de cabelo não serve de nada. Se continuar a ir ao ginásio como tenho ido, nem vou chegar a tirar os auriculares da embalagem. Nem vou estrear as sapatilhas. Tenho os cabides das calças, no roupeiro, completamente cheios, por isso não estou assim tão miserável de roupa. Depilação a lazer... e eu com cagufa da dor! Já determinei que não preciso de um carro novo. Os cursos, um de cada vez, e tudo se faz.

Já tomei café, já estou acordada, e percebi que fui absorvida pelo monstro do materialismo.

15 de janeiro de 2019

HOJE NÃO FALHA

Adivinhem o que vou fazer hoje.


É isso, uma noitada!

A VERDADE ESTÁ NOS DITADOS

Conhecem aquele ditado "não deixes para amanhã o que podes fazer hoje"?

Que pergunta, claro que conhecem... E comigo isto devia ser levado à letra. Eu devia obedecer a este ditado r-e-l-i-g-i-o-s-a-m-e-n-t-e!

Ontem tinha meia dúzia de tarefas que não consegui completar de manhã e que não podia fazer à tarde, então decidi que nessa noite não iria dormir sem que as tivesse terminado. Acontece que ainda nem 23 horas eram e eu já estava quase a adormecer em cima do computador. Então pensei "não adianta estar aqui a penar, não vou conseguir fazer nada proveitoso. Amanhã levanto-me cedo, lavo a cara água gelada, tomo um cafezinho para ter a pestana bem aberta e será muito mais produtivo".  E eu tinha um compromisso às 8h, por isso imaginem a madrugada que eu tinha que fazer para para ter tudo pronto e ainda ter ali uma horinha para o meu mega pequeno-almoço antes de sair de casa.

Mas a Lady é uma pessoa de palavra. Se é para levantar às 5h30, é para levantar às 5h30!!

Aham.... Pois, sim... 'Tá certo.

Eu realmente acordei às 5h30, mas daí a me levantar... Adormeci novamente, acordei a achar que só tinha fechado os olhos por 2 segundos e quando me levantei já eram 7h10. E a essa hora eu já devia estar de pequeno-almoço tomado, marmita feita e a preparar-me para sair de casa.

E as tarefas que tinha para fazer? Acumularam-se com as de hoje, quando tenho menos tempo livre. Por isso, se tiverem que fazer uma noitada de trabalho, se estiverem pestes a desmaiar de cansaço, levantem masé o cu da cadeira, ide à rua apanhar um bocado de ar gelado e voltem com mais foco e dedicação. São estes os conselhos da Lady.

11 de janeiro de 2019

QUERO NATAL OUTRA VEZ

Quero uma mesa farta de sobremesas. De aletria, de mexidos, de rabanadas e leite creme. 

Quero ter embrulhos por abrir e chocolates ainda por comer.

Quero não ter horas marcadas ou tarefas pendentes. Quero sestas à tarde e noites de jogos.


8 de janeiro de 2019

OS GLORIOSOS ANOS 80

Conversas sobre Câmaras de Filmar de cassetes e métodos de copiar músicas de uma cassete para a outra sem que um computador fosse necessário fez-me querer ter nascido dez anos antes para perceber como funcionava a tecnologia da juventude dos meus pais.

7 de janeiro de 2019

E AGORA?

Há uma árvore para desmontar, decorações para arrumar e todo um presépio para embalar.

E vontade para fazer tudo isto?

3 de janeiro de 2019

SE ELA FICAR CHATEADA... UPS!

Estou a corrigir um trabalho da minha irmã sobre a educação das crianças e acabei por alterá-lo todo porque não concordo com a opinião dela sobre este assunto.